Sauna comercial: os 3 problemas mais comuns

Alguns problemas podem prejudicar o funcionamento de uma sauna comercial ou residencial. Antes que eles sejam discriminados neste artigo, é importante salientar que, como “sauna comercial”, subentendem-se os modelos de sauna que são instalados em clubes e demais espaços literalmente comerciais – em que existe o compartilhamento dos mesmos dispositivo e espaço por uma série de pessoas.

Como existem vários modelos disponíveis para atender as necessidades dos fãs desta técnica em um espaço comercial, os tipos “a vapor” e “sauna seca” acabam sendo dois dos majoritariamente preferidos do público em geral. O primeiro deles, inclusive, é o mais convencional a ser encontrado em clubes de campo ou espaços similares.

Por se tratar de um ambiente físico que demanda por uma série de instalações diferenciadas, a sauna comercial exige que técnicas aprofundadas de construção civil e posteriores/regulares manutenções sejam colocadas em prática. Do teto ao piso – e passando-se por diversos outros setores – é imprescindível que todos os equipamentos hidráulicos e mecânicos operem com máxima funcionalidade e segurança.

Mesmo que com estas condições, algumas questões prejudiciais podem atrapalhar o funcionamento de uma sauna comercial. As reclamações mais recorrentes a respeito destes casos fica a cargo dos bancos, do controle automático de temperatura e da tubulação de vapor. Embora cada um destes problemas apresente uma série de especificações, todos eles necessitam ser levados em conta no momento de construção ou reparo de um espaço deste tipo.

Uma vez que são frequentemente compartilhados, os bancos disponíveis nas saunas comerciais devem ser formatados por alvenaria ou plástico. A alvenaria se justifica pela resistência e, normalmente, ser da mesma construção das paredes internas e externas da sauna. O plástico, por sua vez, deve ser escolhido com foco na rigorosidade. O material é costumeiramente observado nos móveis de jardins e piscinas e pode ser bem-vindo, por exemplo, nas saunas a vapor.

No que diz respeito à tubulação de vapor, por sua vez, o princípio da segurança é o destaque.  No equipamento de sauna vapor a gás suas mangueiras que transportam estas substâncias gasosas devem ser rígidas o suficiente para que não haja qualquer espécie de vazamento de gás. Como se trata de um dos mais relevantes problemas em uma sauna comercial, o indicado é que as inspeções nestas peças sejam feitas com absoluta periodicidade.

Em toda e qualquer ação que se envolva com os eventuais problemas que podem prejudicar o funcionamento de uma sauna comercial, a Impercap marca presença. Ao oferecer os produtos mais qualificados deste mercado, a empresa não deixa com que estas questões atrapalhem os momentos de lazer e diversão neste importante espaço comercial – e que também pode ser aplicado em residências.

Se caso deseja saber mais sobre as saunas, acesse nosso site: https://www.impercap.com.br/

Posts Relacionados