Sauna a gás: 3 cuidados que você deve ter na instalação

A sauna à gás se coloca como um dos tipos de sauna mais econômicos do mercado, mas, para que este fato prevaleça em plenitude quando em comparação com as saunas secas., úmidas ou até mesmo à lenha, você deve colocar alguns cuidados em prática quando da instalação destes ambientes em sua casa ou empresa.

O primeiro – e um dos mais relevantes – fatores que marcam presença nestas aplicações cuida da tecnologia e da alta quantidade de componentes técnicos que é trabalhada nestas instalações. Para se ter uma ideia, analógico timer, processador eletrônico digital e controle remoto são, no universo da tecnologia, alguns dos dispositivos que compõem estas estruturas. Além deles, equipamentos como faiscador eletrônico e sensor de falta de gás na tubulação também são materiais observados na sauna a gás.

Para que todos estas peças funcionem assertivamente, no entanto, alguns procedimentos precisam ser priorizados por você no momento de colocar os mesmos em prática. Confira:

Cheque as tubulações de água e gás

Os tubos que transportam a água e o gás para o interior da sauna a gás são os elementos mais importantes em uma instalação deste tipo. Se certificar de que os mesmos estão operando normalmente – sem qualquer tipo de barreira ou entupimento – é gesto mais do que necessário por parte do usuário que manuseia estes produtos no campo prático. Caso você não se sinta à vontade para realizar este procedimento, poder contar com uma assistência técnica qualificada é essencial.

Este fato está intimamente ligado com a questão da segurança das tubulações. Elas devem ser utilizadas somente enquanto estiverem de acordo com os previstos nas atuais e mais exigentes normas da ABNT (bem como as demais legislações vigentes no setor). Esta conferência é obrigatória para que, em casos de imprevistos, o usuário seja devidamente amparado em uma eventual reforma do espaço.

Instale o gerador de vapor de gás em um local ventilado

Mais do que simplesmente atender as normas da ABNT, o ideal é que você coloque o gerador de vapor de gás em um local de livre ventilação e circulação do ar. Esta exigência se explica através da perfeita combustão do gás. Uma vez incompleta esta queima pode causar danos físicos à saúde dos usuários da sauna, fazendo com que os mesmos se sintam inseguros no interior do ambiente.

Além disso, quando o gerador de vapor de gás é instalado em um local inadequado, todas as operações (técnicas e visíveis) para o melhor funcionamento deste tipo de sauna são colocadas em risco. Em locais de muita umidade, por exemplo, esta colocação é ainda menos indicada por conta da menor quantidade de ar fresco disponível, fato que gera a combustão incompleta do gás.

Ainda sobre as recusas de locais de instalação de sua sauna a gás, o recomendado é que você jamais instale o equipamento perto de um ar-condicionado, pois, se o fizer, a combustão também tenderá a ser incompleta e, com isso, os prejuízos poderão aparecer com maior frequência.

Posts Relacionados